17
Wed, Jan
0 New Articles

Sindiquímica nomeia novos diretores setoriais dos segmentos de plástico e tintas

Sindquímica
Typography

O Sindiquímica nomeou dois novos diretores setoriais durante a sua primeira reunião do ano, realizada nesta quinta-feira (15/01), na sede da FIEC, em Fortaleza. Alexandre Mota, da empresa Plastsam, é o novo diretor para o segmento de plástico. João Sérgio Borges, da Fortfix, foi nomeado diretor para o segmento de tintas. Durante o encontro, além dos assuntos debatidos da pauta como o Condomínio industrial de Guaiúba e Polo Industrial de Saúde da Fiocruz no Eusébio, o presidente do Sindquímica, Marcos Soares (na foto, ao centro), e os empresários do setor receberam o novo presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Saúde da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Augusto Guimarães. Semana passada, ele foi eleito pela segunda vez para o cargo por unanimidade. Augusto é um dos grandes articuladores do projeto do Polo Industrial de Saúde em instalação no Eusébio.

 

De acordo com o novo diretor de tintas, João Sérgio Borges (na foto, à direita), a expectativa é que o segmento se fortaleça com sua nomeação. O Ceará hoje possui 30 empresas desse ramo associadas ao sindicato. “Espero que possamos criar uma ótima estrutura para melhorar a produção dessas empresas, melhor qualificação para os empresários trazendo palestrantes e uma proximidade com o Governo no que condiz ao encaminhamento de demanda”, planeja. O diretor espera também atrair novos associados.

Para o diretor de plástico, Alexandre Mota (na foto, à esquerda), o foco agora é continuar o trabalho de qualificação no segmento e dar apoio às empresas que vão se instalar no Condomínio Industrial de Guaiúba. Ele revela que cinco empresas, mesmo sendo concorrentes, estão se reunido frequentemente para trocar ideias. “ São empresários que cooperam entre si, trabalham em benchmarketing em busca de inovação, produtividade e competitividade”, explica. Em breve, segundo o empresário, teremos o resultado prático desse trabalho com o apoio da FIEC.